gestores de indústria a usar ERP no tablet

4 formas de otimizar o processo de produção com ERP

A vida de um gestor industrial não é simples. Entre a necessidade de gerir a cadeia de fornecimento e todos os aspetos operacionais e financeiros inerentes ao negócio, é preciso manter um foco constante, para que toda esta engrenagem funcione de forma fluída, o mais otimizada possível, e sem sobressaltos. Torna-se, assim, essencial para as indústrias e gestores de produção adotar ferramentas de ERP que tornem este rol de tarefas mais leve e eficiente.

Muitas indústrias já deram os primeiros passos no processo de transformação digital, adotando ferramentas tecnológicas que asseguram o bom funcionamento de departamentos específicos da empresa, como, por exemplo, a área financeira. No entanto, a tão apregoada transformação digital implica muito mais do que isso. Ela pode trazer um impacto de tal forma significativo nos negócios que abre portas à criação de novos produtos ou serviços, processos mais otimizados, colaboradores e clientes mais satisfeitos.

Quer seja uma indústria metalomecânica, alimentar, têxtil, da construção ou qualquer outra, de grandes dimensões ou mais reduzida, a verdade é que a gestão do processo produtivo neste setor é complexo, e num mercado cada vez mais exigente, torna-se essencial apostar num ERP específico para o setor industrial que permita aumentar os níveis de produtividade, a transparência e eficiência dos processos e gerar previsões certeiras.

Num contexto de produção em chão de fábrica, cada trabalhador desempenha um papel essencial. Uma tarefa que é feita em menos tempo impacta positivamente a que se segue, e as que se seguem a essa. E também se verifica o inverso: basta um erro surgir para afetar toda a cadeia. Imagine um conjunto de rodas dentadas que, ao encaixarem umas nas outras, dão origem a um movimento fluído entre si. No entanto, basta um grão de areia infiltrar-se para comprometer todo o processo.

 

rodas dentadas

 

Esta espécie de “efeito dominó” é algo que passa despercebido, muitas vezes, ao gestor da produção, que está demasiado ocupado com os problemas “maiores”, deixando, assim escapar erros na cadeia produtiva que, apesar de “pequenos”, podem ter um impacto significativo. Para maximizar continuamente o desempenho do chão de fábrica, é importante que todos os elementos compreendam a importância do seu papel e procurem formas de melhorar as tarefas do dia-a-dia.

Como é que um ERP ajuda, então, a otimizar a gestão da produção?

Gestão de encomendas, vendas e inventário

Um ERP direcionado para a gestão da produção ajuda as empresas a gerir eficazmente as suas encomendas e vendas. Ao utilizar uma base de dados comum, o software permite aos gestores acompanhar de perto o desempenho das vendas e adaptar-se rapidamente sempre que necessário. As caraterísticas de um software ERP para a indústria facilitam também a gestão do inventário em tempo real, cruzando os dados relativos ao stock disponível com as encomendas feitas.

Para além disso, à medida que o negócio cresce, as tarefas associadas à gestão de inventário e logística tornam-se mais complexas. Torna-se, assim, necessário adotar ferramentas mais sofisticadas para dar resposta a estas necessidades.

Planeamento Inteligente

Um ERP permite aos gestores de produção aceder a dados em tempo real que empoderam a tomada de decisão e conduzem a melhores resultados imediatos e a médio/longo prazo.

Vejamos alguns exemplos. A curto prazo, é possível identificar erros operacionais e oportunidades de melhoria na performance, que levam a que o gestor decida se é necessário fazer uma manutenção de equipamentos ou implementar mudanças no processo de produção. Já a longo prazo, este acesso à informação, também conhecido como Business Intelligence, ajuda o gestor a ter uma perceção sobre, por exemplo, quanto tempo é dispendido em cada tarefa, e assim, definir uma rotina de produção que permita aproveitar ao máximo os equipamentos em funcionamento, reduzindo o consumo energético e aumentando a produtividade.

O software de gestão da produção possibilita ainda uma análise à rentabilidade das tarefas, muitas vezes surpreendendo, inclusive, os gestores, pois certos projetos podem estar a demorar mais tempo que o que imaginavam, impactando negativamente o processo.

Compreender quais os clientes e projetos mais rentáveis ajuda a otimizar as estratégias de desenvolvimento de novos negócios, através do ajuste no agendamento de tarefas de forma a aproveitar ao máximo essa rentabilidade.

Otimização do processo de pré-produção

Muitas indústrias têm clientes que encomendam produtos para os quais é necessário um elevado nível de customização e que implica um reajustamento da produção, com o desenho, cotação e encomenda de novos materiais.

Um ERP orientado para a indústria ajuda a diminuir o tempo necessário – que, por norma, é bastante longo – no desenvolvimento destes processos de pré-produção.

Por outro lado, uma ferramenta de ERP ajuda também a monitorizar a qualidade do processo produtivo de forma mais eficiente, permitindo mais rapidamente identificar erros e retificá-los.

Processo de melhoria contínua

A produção industrial moderna é um processo complexo feito de micro-decisões e ações contínuas que, somadas, levam a elevados ganhos de tempo e ao lucro. Graças ao registo contínuo dos dados do processo produtivo, um software de ERP é uma ferramenta de melhoria contínua poderosa, e que implica um compromisso constante com a mudança por parte não só do gestor de produção, mas de toda a equipa.  Este compromisso deve ser visto pela positiva, uma vez que o trabalho se torna mais ágil e as equipas mais satisfeitas.

Escolher um software ERP implica uma análise das necessidades de cada negócio e das realidades da indústria. Esse processo deve ser sempre feito em parceria com um consultor como a BNEXT, que o ajuda a identificar a melhor solução, desde o software de base aos add-ons, do planeamento à implementação.

Somos parceiros PHC e a nossa performance garantiu-nos, em 2023, o título de Prime Partner. Se precisa de uma solução desenvolvida em específico para a gestão e otimização dos processos de produção, não hesite em contactar-nos!